Serviço Diocesano da Catequese

terça-feira, 18 de abril de 2017

"Eu sou a Senhora do Rosário"

Manhã de oração e reflexão para catequistas
6 de maio de 2017, sábado
9h30 - 12h30
Seminário de Leria

No início do "Mês de Maria", o Serviço Diocesano de Catequese propõe uma manhã de oração e reflexão para os catequistas da Diocese de Leiria-Fátima, com o tema "Eu sou a Senhora do Rosário". Será orientado pelo padre Jorge Guarda, Vigário Geral da Diocese, e terá lugar na casa de retiros do Centro Pastoral Diocesano - Seminário de Leiria, das 9h30 às 12h30, no dia 6 de maio de 2017, sábado.

No contexto do tema diocesano, e no Centenário das Aparições de Fátima, preparando-nos para o acolhimento do Papa Francisco peregrino de Fátima, esta será uma oportunidade para parar um pouco, e viver um tempo forte de reflexão e oração a partir da apresentação que de si mesma fez Nossa Senhora aos Pastorinhos, a 13 de outubro de 1917: "Eu sou a Senhora do Rosário".

A participação é livre e aberta a todos os catequistas ou outros interessados, bastando comunicar até ao dia 3 de maio a intenção de estar presente, pelo telefone 244 825 168, ou para o endereço electrónico catequeseleiria@gmail.com, para que possamos ter preparado o espaço e os materiais necessários para todos.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Festa da Eucaristia para o 3º ano

"Vamos cear com Jesus!", é o tema da Festa da Eucaristia que vai ter lugar a 15 de junho, quinta-feira, dia de Corpo de Deus, integrada na celebração diocesana em Leiria. Uma proposta do Serviço Diocesano de Catequese, com a Equipa Vicarial de Catequese de Leiria, para todas as crianças do 3º ano da catequese da Diocese de Leiria-Fátima.

Depois de realizada em 2014 e 2016, esta iniciativa procura de novo fazer festa com as crianças do 3º ano da Catequese, ao mesmo tempo que as ajuda a aprofundar o mistério celebrado na Eucaristia, na qual as crianças participaram plenamente, pela Comunhão, durante este ano catequético. É também uma oportunidade para marcar esta caminhada com um encontro com o Sr. Bispo, na celebração da Eucaristia e na Procissão do Corpo de Deus em Leiria. Com a alteração do local da Missa do dia de Corpo de Deus para o Jardim de Santo Agostinho, em Leiria, também a Festa da Eucaristia vai ter o seu início nesse espaço.

Já estão disponíveis os materiais para dar a conhecer a atividade junto da comunidade e dos pais, assim como a ficha de inscrição, que podem ser descarregados na página dedicada a esta atividade.

As inscrições decorrem até ao dia 23 de maio de 2017.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Papa aprova milagre para a canonização dos Pastorinhos Francisco e Jacinta


O Papa Francisco assinou esta quinta-feira, 23 de março, o decreto que confirma o milagre atribuído à intercessão dos beatos Francisco e Jacinta Marto, falecidos em 1919 e 1920, respetivamente. Este é um passo decisivo para a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto.

A canonização é a confirmação, por parte da Igreja, que alguém é digno de culto público universal (no caso dos beatos, o culto é diocesano) e de ser dado aos fiéis como intercessor e modelo de santidade. Francisco e Jacinta Marto são os dois irmãos que, segundo o testemunho reconhecido pela Igreja Católica, presenciaram as aparições da Virgem Maria na Cova da Iria e arredores, entre maio e outubro de 1917. São, igualmente os mais jovens beatos não-mártires da história da Igreja Católica.

Para mais informações, consultar a página oficial do Santuário de Fátima.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Paternidade e Educação dos Filhos

A paróquia dos Pousos está a organizar uma conferência com a Doutora Elsa Rodrigues, com o tema "Paternidade e Educação dos Filhos". Vai realizar-se na próxima sexta-feira, dia 24 de março, às 21h00, no piso -1 do Centro Pastoral da Igreja dos Pousos, com entrada livre.


A Doutora Elsa escreveu o seguinte sobre o que está a preparar: “Ser pai ou mãe na atualidade aparentemente não é mais difícil que há uns anos atrás, no entanto, os desabafos são mais que muitos, aludindo a isso mesmo. Será então mais difícil, ou haverá menor disponibilidade para o exercício dessa missão?! Pior, será essa missão entregue a terceiros que entretém, mas não sentem?! Estamos mediante um grande desafio, o de educar pelo exemplo e sobretudo com o coração. Este será o mote da conversa com pais e para pais”.

Pais e mães das crianças muito poderão lucrar com a sua presença, assim como catequistas e outros educadores que queiram participar.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Diocese de Santarém acolhe o 56º Encontro Nacional de Catequese


"Família - Sujeito Ativo da Catequese" é o tema do Encontro Nacional de Catequese que vai reunir, de 9 a 12 de abril, em Santarém, os responsáveis dos secretariados diocesanosda catequese. Este encontro realiza-se um ano em cada diocese, organizado pelo Secretariado Nacional da Catequese, e esta será a sua 56ª edição.

Durante estes dias da Semana Santa, os elementos dos secretariados diocesanos terão a oportunidade de aprofundar a sua formação, através de uma variedade de conferências e mesas redondas, de partilhar as suas questões e trabalhos, além de favorecer o conhecimento e intercâmbio entre todos os responsáveis da catequese nas 20 dioceses do país. "Comunidade e Família na educação cristã", "Catequista - o discípulo que acompanha", "Comunidade fraterna e missionária", "A educação dos filhos e a impossível neutralidade moral", "Notas tecnologias na Evangelização" e "Piedade popular e oração em família" serão os principais temas em estudo deste Encontro.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Quereis oferecer-vos a Deus?

MANHÃ DE ORAÇÃO PARA CATEQUISTAS

Em início de Quaresma, manhã do sábado 4 de março, e Ano do Centenário das Aparições, foi sob o mote do convite de Nossa Senhora aos Pastorinhos que cerca de 60 catequistas da Diocese se juntaram para rezar e meditar, com possibilidade do sacramento de Reconciliação. Como guia tivemos o Padre Vítor Mira de Jesus, atualmente em Serviço no Santuário de Fátima.




Em jeito de ato de fé na presença do Senhor que sempre nos precede, e ao encontro de Quem viemos, nesta manhã de oração, iniciámos a mesma com o cântico: Deus está aqui! Tão certo como o ar que respiro, tão certo como a manhã que se levanta… Tu o podes sentir… tu o podes ouvir… tu o podes levar… tu o podes guardar para sempre no teu coração. A certeza desta presença é já um pedacinho de céu para nós, tal como o fora para os Pastorinhos de Fátima. E foi também com eles que meditámos e rezámos nesta manhã. Primeiro, tomando consciência de que o convite a eles dirigido por Nossa Senhora, na primeira aparição, é feito hoje a cada um de nós, lembrou-nos o Pe. Vítor. De seguida, com base nas “Memórias” foi-nos mostrando como os Pastorinhos lavaram a sério o “sim, queremos” que deram a Nossa Senhora, envolvendo nesse sim toda a sua vida quotidiana: pela intercessão, reparação, penitência, oração, sacrifícios. Não apenas os que a vida diária impunha, eles próprios os procuravam: a sede, a corda, as urtigas, a dádiva do lanche aos outros… tudo por amor pois só o amor os movia e só por amor faz sentido. Que amor me move? Que sacrifícios faço eu pelos outros?

Advertiu ser Fátima um lugar de fé: que é a resposta da nossa vida ao que julgamos ser vontade de Deus; em confronto, por vezes, com práticas de religiosidade popular, onde predomina a busca de conforto, segurança, sucesso… Sendo este espírito e atitudes um desafio à Igreja e a cada um de nós, na nossa missão de evangelizadores. Como compreender, viver e anunciar esta mensagem? Questão para ficar a ecoar em cada um de nós! Fátima é lugar de encontro com o Deus da fé, não de rituais sem sentido, já condenados no Antigo Testamento; e, citando Isaías “…o incenso é-me abominável…; Convertei-vos a mim de todo o coração; lavai-vos, purificai-vos dos vossos pecados; rasgai os vossos corações não as vossas vestes; o Jejum que me agrada é a libertação dos oprimidos, dar comer e abrigo, vestir os nus…; então invocarás o Senhor e Ele te responderá: estou aqui!” Já no Novo Testamento, com Jesus, o jejum tem valor como expressão da entrega da vida a Deus: Heb. “Eis que venho ó Deus, para fazer a tua vontade”. E morreu na cruz por fidelidade ao Pai e à missão de que tinha sido investido. Em todo o tempo, mas particularmente na Quaresma faz todo o sentido um cristão, um catequista, meditar nisto, disse o Pe. Vítor. A melhor penitência parte do nosso interior, é o controlo sobre nós mesmos, a capacidade de reconhecer e corrigir as nossas falhas, como expressão do nosso amor. "Não tanto o que faço mas o amor com que o faço”; foi assim também com Teresinha de Jesus: fazer da vida um dom para Deus e para os outros. Mas a isto só se chega pela oração, como momento de comunhão e de entrega ao Deus do Amor. A “Oração de Reparação” é essencialmente para reparar o que está mal, “avariado”, na nossa vida. “ Jesus veio ao mundo para reparar a humanidade avariada”. E a nossa missão de “Reparadores” é continuar a obra de Jesus. Sermos continuadores da experiência da Misericórdia de Deus para connosco, fazendo “Reparação” com a oração e com a vida diária.

Esta imagem do “avariado” pareceu-me fazer todo o sentido. O que por aí vai de “avarias” a começar na minha vida e no mundo que me rodeia. Assim, “para grandes males, grandes remédios”. Se cada um de nós de os aplicar, a promessa, tal como os pedidos, de Nossa Senhora, em Fátima, continuarão vivos e atuantes.

Obrigada Padre Vítor!
Belmira de Sousa